quarta-feira, 24 de maio de 2017

Corrupção no IDEMA irrigou financeiramente a campanha de 2012 e 2014

A denuncia formalizada pelo  Ministério Público junto ao Tribunal de Justiça - TJ/RN, que atribui ao deputado Ricardo Mota - PSB, a ser o comandante  da quadrilha que desviou 19 milhões do IDEMA-RN. A investigação aponta que o dinheiro desviado foi investido  nas campanhas eleitorais de 2012 e 2014, momento em que elegeu seu filho, Rafael  Mota a vereador em 2012 e a deputado federal em 2014. 

Sobre o desvio, o Tribunal de Contas do Estado - TCE, diverge do Ministério Público e aponta um desvio no valor de 34.971.016,44. 

No depoimento do ex-diretor administrativo, Gudson Giovany, revelou como iniciou e se deu todo o processo de corrupção. É de causar náuseas e envolve outros nomes da política Potiguar. Está apenas começando esse processo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O lançamento está próximo!