sábado, 3 de novembro de 2018

PPS atinge clausula de barreira, mas defende fusão partidária

Resultado de imagem para simbolo do pps
O Partido Popular Socialista - PPS, atingiu as duras penas a clausula de barreira imposta pela nova lei eleitoral. Mas vai abrir um debate sobre fusão partidária com partidos do seu aliamento ideológico. Pois a próxima eleição de 2.020, não terá coligações na chapa proporcional o que será outro teste muito difícil  para os partidos de cunho ideológico. 

Quanto a política nacional, o PPS atuará no campo da "oposição democrática" ao novo governo. O PPS, tem compromisso de apoiar tudo aquilo que for de interesse público e de bem para o Brasil, afirma o seu presidente, Roberto Freire.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O lançamento está próximo!