sábado, 28 de abril de 2018

História: Manoel Torquato de Sousa e sua luta pela implantação do sindicato dos salineiros

Resultado de imagem para foto do sindicalista manoel torquato
O bravo Varzeano Manoel Torquato de Sousa, nascido no Sítio Cobé na época município de Assú, hoje Carnaubais, protagonizou  em nossa região  a primeira guerrilha rural da América Latina. Um grande líder, articulador e de uma boa oratória, o agricultor salineiro marcou história em nossa região sendo pioneiro na organização sindical sendo um dos fundadores do sindicato dos salineiros  popularmente conhecido como o sindicato do garrancho.

O sonho de conquistar os direitos dos trabalhadores, onde parte deles foram ratificados mais na frente pelo ex-presidente Getúlio Vargas. Suas ações não agradavam os proprietários de salinas e nem aos grandes latifundiários do Vale do Açu. A região salineira era a principal base operária do Rio Grande do Norte. A repressão patronal tendo como braço principal a polícia militar do governador proprietário de salinas, Rafael Fernandes, reprimiu sem piedade os  líderes sindicais da época. 

A intensa luta nas salinas fizeram o mesmo se refugiar por alguns dias da repressão em Mossoró e Areia Branca, Manoel Torquato  se refugiou nas matas da Serra do Mel descendo para o Vale do Açu onde tinha domínio  de toda área geográfica. Estava acampado a margem do Alagamar no açude do Canto Comprido, quando no dia 1º de janeiro de 1936, grandes proprietários da Ilha de Manoel Felipe e do Rosário que encontravam-se em uma grande farra no Rosário, souberam que Manoel Torquato encontrava-se refugiado no Canto Comprido. Armados de rifes os mesmos saíram em comboio liderado por Artur Felipe, grande  latifundiário  no Vale do Açu. Manoel e seu pessoal amparados na parede do Açude, abriram fogo iniciando o confronto em que culminou com a morte de  Artur Felipe e outros saíram feridos. Em desvantagem os agressores bateram em retirada e na volta sobre o clima do ódio, passaram na simples choupana coberta de palha  dos pais de Manoel Torquato,  localizada no Cobé e covardemente assassinaram o  humilde agricultor  pai de Manoel Torquato  e tocaram fogo na choupana.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O lançamento está próximo!