quarta-feira, 9 de agosto de 2017

Ciro Gomes chama o povo para as ruas contra Reforma da Presidência

 

“Se o povo reagir um pouquinho, a gente impede esse selvageria”, declarou o ex-ministro, candidato à presidência da República em 2018; em entrevista nesta terça-feira 8, ele afirmou que não acredita na aprovação da reforma da Previdência da forma como está e apelou para que a população lute contra a retirada de seus direitos; “O negócio é violentamente injusto (…). E o pior, conserva o privilégio. Porque 2% apenas dos beneficiários levam mais de um terço de todos os benefícios. Isso ele (Michel Temer) não mexeu”, criticou.
A declaração do ex-ministro foi dada em uma entrevista ao Blog do Eliomar, do jornal O Povo, do Ceará, nesta terça-feira 8, o ex-ministro disse que não acredita na aprovação da reforma e apelou para que a população reaja diante desta ameaça aos seus direitos.
Ciro acredita que, com o envelhecimento do País, é necessário que a previdência seja discutida, mas não com a “selvageria” com que está sendo feita.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

O lançamento está próximo!