quinta-feira, 25 de maio de 2017

A tendência dos royalties é diminuírem em nossa região

A crise no campo petrolífero campeia no mundo. No final do ano de 2014, o barril de petróleo chegou a ser negociado a 100 dólares  o barril no mercado internacional.  No ano passado chegou a ser negociado abaixo dos 30 dólares, dado a gravidade da crise aconteceu um acordo entre os países produtores para diminuírem a produção, mesmo assim não voltou ao preço de antes. Ontem 24, o preço do barril voltou a sofrer uma queda, foi negociado em New York ao preço de 50,69 dólares. 

Aqui em nossa região dois fatores tem contribuído para a redução dos royalties, para os proprietários e municípios. Primeiro, essa crise internacional, pois o valor dos royalties  tem como base o preço no mercado internacional; Segundo, é a falta de investimentos no aumento da produção por parte da Petrobras, a mesma está decidida a investir no pré-sal, enquanto aqui, vão apenas colher o que já investiram o que vai levar ao passar do tempo, a cada vez mais diminuir a produção em nossa região.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O lançamento está próximo!