quinta-feira, 25 de maio de 2017

A história de massacre e repressão continua em nossa Pátria

Manifestantes foram impedidos de chegar à Praça dos Três Poderes, onde fica o prédio do STF
No dia de ontem 24, ficou revelado como a elite dominante brasileira, trata os filhos da Pátria Brasil, desde a ocupação portuguesa. Foi assim com os índios, depois adotou o brutal sistema de escravidão, segurou o máximo a independência de Portugal, fomos o último Pais Latino Americano  a termos uma universidade.

Aqui em nossa região, exterminaram os índios, para aqui veio até o carrasco paulista, Domingos Jorge Velho reconhecido exterminador de índios e colombos. Foi aqui em nossa região que travou-se a mais sangrenta matança de índios ocorrida no Brasil. Foi aqui que a elite se uniu para que o sindicato dos salineiros/agricultores não se organizassem, causando prisões, repressão ao líder sindical Manoel Torquato de Sousa  e até  mortes, 

A classe dominante não precisa fazerem manifestação, tem a maioria do Congresso para reprimir e retirar os avanços sociais e constitucionais, tem a seu lado o sistema financeiro e empresarial, agora tem até o poder central a seu favor. Bem diferente da classe originária dos indígenas e escravos, que para conseguirem o mínimo, sempre foi necessário se submeterem ao  sacrifício  e ao derramamento de sangue. 

Ontem 24, uma manifestação pacífica convocada por todas as Centrais Sindicais,  
 caminhava em Brasília pela Esplanada dos Ministérios,  quando foram reprimidos por militares a mando de um poder que o povo rejeita. A partir dai, perdeu-se todo o controle tanto dos manifestantes, como dos policiais, se tornando num verdadeiro campo de batalha e na batalha, salva-se quem pode. Repudiamos todo ato de violência, tanto de infiltrados no movimento que depredaram prédios públicos  e a polícia não teve a capacidade de isola-los. Como da polícia, que bateu, torturou homens e mulheres, de bem que lutam para não voltarem a escravidão em que já viveram os nossos antepassados.



Nenhum comentário:

Postar um comentário

O lançamento está próximo!